quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Quando mamãe virou um monstro

Dia desses me mandaram um caderno da escolinha com uma história. Eu deveria reunir a família e ler a história juntos. Certo. Pra começar o título era Quando mamãe virou um monstro (de Joanna Harrison), já senti o golpe. A história conta sobre uma mãe e dois filhos que não ajudam a arrumar a casa para receber os primos, sobrecarregando, assim, a pobre mãe e transformando-a em monstro. No final, a mãe briga com os dois, depois se arrepende, pede desculpas e eles se dão conta de que precisam ajudar e todos vivem felizes para sempre.
Depois do banho sentei na sala, desliguei a TV e abri o caderno para começar a contar a história. Deu tempo só de abrir e fechar porque a Isabela se grudou no caderno e sumiu. O Antônio saiu correndo pela casa atrás dela para pegar o caderno de volta e eu atrás dos dois. Meu marido (e toda a sua santa paciência) continuou sentado, imóvel no sofá acompanhando a farra com os olhos.
Resultado: a mamãe aqui virou um monstro, brigou com os pequenos (que são muito mais pequenos que os da história) e fim de papo. Fiquei braba, estressada e emburrada por não ter saído como planejei. E o que fazer? Continuar sendo monstro a noite toda? Não dá, né?! Ainda mais com duas carinhas lindas fazendo de tudo para a mamãe voltar ao normal!!!
Enfim, não dá para ser sempre princesa com dois anjinhos virados em diabinhos o dia todo! O importante é saber a hora de deixar de ser monstro!
Beijinhos, meninas*

6 comentários:

Ana Násily disse...

Ai ai amiga, ultimamente eu tenho sido uma monstra também , mas faz parte afinal nem tudo são flores, bjs!!

Renata disse...

Hahaha, adorei o post,...tadinha,...
Mas a gente sempre sai de monstra mesmo,...eu, quando tenho que fazer aquela danada limpeza no nariz da Carolina (soro, pêra para aspirar e mais soro,...ela ODEIA!!), e quem é que sai por monstr, bruxa, malvada,...a mãezinha aqui!!! kkkk Mas tudo bem, acredito que na cabecinha deles somos a rainha, com seus momentos de mostras!!!! Pois mãe é mãe!!! Bjosss

Geovana disse...

oi querida ba as vezes tambem sinto a mãe monstro hehehe, mas como tu mesma disse não da pra ficar com essa cara tendo nossos anjinho que as vezes são uns diabinhos hehehe, mas que a gente amam acima de qualquer coisa...bjs!!!

Cris :-) disse...

É verdade... quem consegue ser monstro com aquelas carinhas?
Tem momentos que a gente precisa, mas dói ter que ser "mamãe dureza"!
Faz parte!
Bjsss

Juliana Doerner disse...

Oi amiga.... Fiquei aqui imaginando com será comigo, rsrs...

Você me fez ficar emocionada com seu post, sei que não deve estar entendendo, rs... É meus filhos são o meu sonho, e como temos dois por muitas vezes não aproveitamos nossos filhos, devido a tantos afazeres com eles, marido, casa e dentre outras milhões de coisas... E através do seu post me lembrei de como eu sonhava com os meus gêmeos ainda quando era adolescente, pois é um sonho de menina te-los comigo.

Gostaria de pedir obrigada por ter adicionado o Novo Mistura Cotidiana.

Mil beijos...

Vanessa Caubianco disse...

Oi amiga, aqui eu tbm nunca consegui ler historinha nenhuma porque eles amam comer os livros e arrancam da minha mão. Aí, pra não ser mostro eu deixo, afinal, se querem comer o livro ao invés de ouvir as histórias e vão ficar felizes assim, pra quê vou eu arrumar confusão?
Eles são muito novinhos ainda...
bjbj pra vcs