domingo, 25 de julho de 2010

Só um

Essa semana mudou a temperatura e o Antônio começou no cof-cof. Iniciei o intensivo pra que ele ficasse bom logo. Nebulização, xarope, paracetamol, banho...Essas coisas. A Isabela não deu nem um espirro, tem uma saúde de ferro, graças a Deus! Sexta à tarde tive que deixar o pequeno lá na mãe pra resolver algumas burocracias da vida, então lá foi o Antônio de mala, cuia, nebulizador e 287636453 medicamentos. Está lá na vovó até hoje e deve ficar até amanhã. A minha mãe redobra os cuidados com ele até ele estar 100% (enche o guri de chá, feijão, mamadeira, café com margarina...Essas coisas de vó), então antes disso não posso nem aparecer. Ultimamente eles aprenderam a falar no telefone, então volta e meia a minha mãe liga e é ele no outro lado: Oi mamãe! Meu coração se aperta por ele estar longe, mas sei que está sendo bem cuidado. Se estivesse aqui em casa, com a Bebela, ia ser pior. Ela inventa 1001 coisas e ele quer fazer também, então anda pra cima e pra baixo atrás dela tossindo e brigando. Nós estamos numa paz e tranquilidade que só quem tem gêmeos sabe. Estar com apenas um dos filhos em casa é sossego! Até conseguimos conversar! Mas fica faltando um pedaço, não adianta...A Isabela também sente falta. Hoje pela manhã fomos dar uma volta e a levamos na pracinha, não tinha mais nenhuma outra criança, então a gente tinha que brincar com ela. Quando o Mano vai junto não precisa, é só largar e relaxar! Mas amanhã tudo volta ao normal e a casa fica cheia outra vez!

2 comentários:

Cris :-) disse...

Oi Camila, admiro muitooooo mas principalmente quando estão dodóizinhos gosto de ter meus pintinhos debaixo da minha asa.
Quando deixo com alguém é com minha mãe tb, mas apenas por poucas horas.
Que bom que o Antônio tá melhor!

Bjs

Eu e minhas três bonecas... disse...

Aqui é diferente... ontem a Carol (minha mais velha) foi dormir na vovó e eu fiquei sozinha com as duas... que diferença... Tudo muito mais tranquilo só com as duas, mas ao mesmo tempo um silêncio, um vazio, que sei lá, me dá até arrepios! Eu gosto do agito, tanto que ela acaba de voltar da casa da vó e a prima veio junto! Ehehhehhe...