quinta-feira, 5 de junho de 2008

Os brincos

A Isabela está de brinco. E quem os colocou fui eu. Ela deveria estar de brincos há tempos, mas como não encontrei ninguém apta a fazer o furo, encarei a tarefa. Implorei ao meu marido que comprasse um tubo de Xilocaína, pois bem, ontem ele apareceu em casa com o tubo. Hoje pela manhã aproveitei o soninho dela, me preparei psicologicamente e fui. Limpei a orelhinha com álcool, passei uma “dedada” de pomada, esfreguei bem, peguei uma borracha coloquei atrás e zupt. Só que não foi fácil como pensei. Não furou totalmente de primeira e minha mão estava escorregadia. Peguei a borracha, calcei melhor e furei até o fim. Isso tudo ela já estava aos prantos e com lágrimas. Coloquei a tarraxa e peguei-a no colo. Depois de tê-la acalmado, parti para a outra orelha. Por um instante pensei em desistir, deixar para outro dia, para outra pessoa fazer, mas, já que estava ali tinha que acabar de uma vez com essa novela. Na outra orelhinha parece que foi mais fácil, peguei firme no brinco e zupt de novo. Ela ficou linda de brinco! E eu passei o dia com ela no colo a fim de aliviar um pouco o meu sentimento de culpa. Essa guria ainda vai ficar manhosa...

2 comentários:

Lika e Fábio disse...

Como não encontrou ninguém apta? e a tia aqui? talvez tenha sido a distãncia o probleminha. A minha sobrinha deve estar linda de brincos. Estou com saudades de vocês. Bjs a todos, Liane.

Lika disse...

Tinha esquecido de flar.. oproblema da pomada é que tem que esperar alguns minutos... o normal é esperar 20 min. Bjs. Lika