sexta-feira, 30 de maio de 2008

O banho

O primeiro banho das crianças que presenciei foi dado no hospital, por uma enfermeira. Disse ela que não deveria dar banho de imersão enquanto o umbigo não caísse. Certo. Eu, mãe de primeira viagem, acatei tudo o que ela me disse, e pretendia fazer do jeito que me foi mostrado. Quando saímos do hospital, minha comadre logo se candidatou a dar o primeiro banho em casa. Disse a ela como proceder e etc. fui dar uma descansadinha e ao acordar descobri que tinha esperado eu dormir para mergulhar as crianças numa bacia. Hehehehehehe...Depois quem assumiu o posto de “banhadeira” oficial foi minha cunhada. Depois a minha sogra, minha tia e por aí foi. Até chegar um dia que me perguntaram se eu não queria dar banho. Até que enfim alguém lembrou de mim! Claro que fui dar banho. A Isabela adora ficar semi mergulhada por horas na banheira. O Antônio era um problema...Acho que ele se assustava e chorava muito. Um dia, quando a minha mãe estava dando banho neles, me veio com uma novidade: colocar um paninho sobre o bebê pra ele se segurar e não se assustar. No começo achei um pouco estranho, pensei que não fosse funcionar. Mas foi tiro e queda! Consegui acabar com o chororô do Antônio e agora ele também fica horas curtindo o banho bem tranqüilo. Hoje eu adoro dar banho neles. Até meu marido se candidata!

Nenhum comentário: